Modelo Andressa Urach passa por tratamento com oxigenioterapia hiperbárica

Modelo Andressa Urach passa por tratamento de câmara hiperbárica em Porto Alegre
A modelo Andressa Urach, que teve problemas de infecção com o Hidrogel aplicado em suas pernas no final de ano passado, está novamente em tratamento, desta vez em câmara hiperbárica, para controlar uma infecção bacteriana que a atingiu nos últimos dias.

Segundo informações de sua assessoria de imprensa, a modelo vem apresentando melhora significativa em seu estado clínico geral depois de realizar as sessões de Oxigenoterapia Hiperbárica em um hospital de Porto Alegre.

“A Oxigenoterapia Hiperbárica é tratamento adjuvante aos demais, potencializando a ação dos antibióticos por meio da respiração de oxigênio puro em um ambiente pressurizado. Como se trata de um tratamento que otimiza os efeitos dos antibióticos, no caso de pacientes com infecções por bactérias anaeróbicas, o oxigênio ajuda no combate a elas”, explica a Dra. Larissa Passerotti, especialista em Nefrologia Pediátrica e médica hiperbarista de uma clínica com unidades em Bauru e Marília.

O tratamento também auxilia para acelerar processos de cicatrização de lesões crônicas ou estado avançado de infecção, já que o oxigênio colabora para a formação de novos vasos sanguíneos e melhora consideravelmente a irrigação dos locais lesionadas, regenerando os tecidos comprometidos.

“Nesses casos, como o da modelo, a Oxigenoterapia Hiperbárica pode ter sido indicada tanto para otimizar o combate à bactéria quanto para auxiliar na cicatrização de uma lesão aberta”, completa Larissa.

As suas principais indicações são:

– Feridas de difícil cicatrização;

– Úlceras do Pé Diabético;

– Otimização de enxertos e retalhos de pele;

– Tratamento de queimaduras graves;

– Osteomielites;

– Síndrome de Fournier;

– Traumas com lesões expostas;

– Combate a infecções bacterianas;

– Sequelas de radioterapia;

– Deiscências de sutura pós-operatória;

– Fístulas, entre outras.

Mais informações sobre o tratamento de Oxigenoterapia Hiperbárica podem ser obtidas no site da Sociedade Brasileira de Medicina Hiperbárica, no endereço www.sbmh.com.br.

Fonte: www.ingredientecomunicacao.com.br

Comments are closed.